Adobe Flex – recursos para iniciantes

Adobe Flex - recursos para iniciantes 1Visto que tanta gente se interessou pelo meu post anterior sobre Flex (“Por que resolvi largar o HTML e partir para o Flash (Flex na Realidade)”), achei que seria uma boa idéia publicar aqui os recursos que venho utilizado no meu aprendizado. Assim, quem sabe, vocês não me dão algumas sugestões também, não é mesmo?

Fonte primária: Developer Network da Adobe – http://www.adobe.com/devnet/flex/

Esta é a mais óbvia de todas, certo? A Adobe documenta suas tecnologias maravilhosamente bem, e na DevNet podemos encontrar básicamente tudo o que precisamos para começar a “por a mão na massa” de fato. No entanto, há alguns pontos que gostaria de destacar:

Adobe Flex in a Week – http://www.adobe.com/devnet/flex/videotraining/ – Uma série de vídeos nas quais são explicados os principais conceitos por trás do Flex. O único porém é que para assistir a estes vídeos é necessário baixar o Adobe Media Player: trata-se de um player voltado únicamente para os vídeos disponibilizados pela Adobe. Soa meio chato à primeira vista, mas uma vez instalado é pouca a chance de você se arrepender, pois o conteúdo veículado é simplesmente fantástico.

Adobe Flex Cookbook – http://cookbooks.adobe.com/flex – Fenomenal, como o próprio nome diz, trata-se de inúmeras “receitas de bolo”, nas quais podemos encontrar soluções para os problemas mais (e menos) frequentes relacionados ao desenvolvimento de aplicações em Flex. É práticamente imprescindível para aquelas dúvidas que julgamos ser tolas (mas que não são) quando estamos aprendendo uma linguagem nova.

Live Docs – http://livedocs.adobe.com/flex/3/html/index.html – Assim como em Java temos os Javadocs, na plataforma Adobe temos os Live docs. Se você tem dúvida com relação aos métodos e propriedades de alguma classe, este é O local para se pesquisar.

Download da documentação completa (quer um único link? é este!) – http://livedocs.adobe.com/flex/3/flex3_documentation.zip – É possível fazer o download da documentação completa do Flex (incluindo os LiveDocs, óbvio) neste link. O arquivo contém os live docs e alguns PDF’s, dentre os quais destaco:

  • Adobe Flex Language Reference – o PDF que me fez ficar apaixonado com ActionScript. Maravilhosamente escrito, neste documento encontra-se a descrição da linguagem ActionScript, que é quem liga os pontos por trás do Flex. Pelo que pude ver até agora, saber ActionScript é FUNDAMENTAL para quem quiser aprender Flex: sendo assim, vale muito à pena gastar um tempinho com este PDF.
  • Flex 3 Developer Guide – assim como o PDF acima, é também incrívelmente bem escrito. Neste caso, estão listados todos os recursos fornecidos pelo Flex no formato de mini tutoriais.
  • Live Docs – Apesar de existir o conteúdo online, é uma mão na roda ter estes documentos armazenados no seu desktop também.
Adobe Flex - recursos para iniciantes 2

Livro: Flex 3 in Action – Tariq Ahmed – Editora Manning

Assim como todos os livros da coleção “in Action”, é mais uma leitura bastante agradável. Pode ser considerado o resumo do PDF “Flex 3 Developer Guide” que mencionei acima. Se você está em dúvida com relação à viabilidade do Flex em seus projetos, a introdução deste livro é altamente recomendada, pois explica o porquê do RIA e quais os problemas que o conceito busca resolver.

Flex.org – http://flex.org

O site da comunidade Flex também é excelente. Recomendo demais o RSS (http://feeds.feedburner.com/flexorg) para aqueles que queiram ficar informados a respeito da tecnologia.

Finalizando

Por enquanto estas tem sido as principais fontes de informação que tenho usado em meu aprendizado.  Caso tenha mais alguma sugestão, por favor, enriqueça este post incluindo-as em seus comentários para que outros além de mim, que estejam buscando informações na web a respeito também possam se beneficiar ok? Um abraço e muito flex!

3 comments on “Adobe Flex – recursos para iniciantes

  1. Gregory Fontenele

    Já usou o Flex Builder Linux, o que achou dele?
    Caso não tenha usado, qual IDE você usa ou recomenda para desenvolver em Flex no Linux?

  2. admin Post author

    Nunca usei o Flex Builder, nem no Linux nem no Windows.
    Por enquanto, como ainda estou aprendendo a usar o bichinho, optei por ficar o mais próximo possível do SDK, ou seja, estou sofrendo “um pouquinho” usando apenas um editor de texto convencional. :)

  3. Heaven

    @admin

    Quando eu estava estudando e programando em Flex e actionscript 3 também fiz a mesma coisa, por sinal a tecnologia fascina bastante, a linguagem é de fato apaixonante, e a documentação só nos dar vontade de trabalhar só com Flex e esquecer que todo o resto existe.

    Entretanto encontrei durante meu tempo de estudo e trabalho uma desvantagem muito grande por sinal, você só tem produtividade usando o Flex Builder da Adobe (atualmente Flash Builder) não dar para ir muito longe usando somente um editor de texto e um SDK (como grails ou griffon), principalmente quando começa a trabalhar com módulos ao invés de componentes, até ai a improdutividade só aumenta, assim como o mxml que apesar de brilhar os olhos de qualquer desenvolvedor, acaba caindo naquele antigo problema quanto mais complexa fica a aplicação mais confuso se torna o mxml.

    De forma que fui verificar o eterno alpha que é o Flex Builder para Linux-like, o que posso afirmar é que é meio deprimente a carência de recursos que essa versão é ausente.

    Outra coisa é que com Flex programasse muito para se fazer pouco, ainda lembro dos sistemas que vinha estudando e participando na época da faculdade, o mesmo vale para uma amiga minha que participou por livre e espontânea pressão no projeto FireScrum (todo em flex, mas a parte de servidor em Java), até hoje ela não se recuperou do trauma nem querendo tocar no assunto.

    Fora isso vem outros fatores como forte dependência do plugin do flash da adobe que vem neste último ano recebendo fortes criticas de vários desenvolvedores web, ao ponto que o próprio Steven Jobs (nada a ver com web, mas com o iPhone e Mac) falar contra o flash, devemos considerar que a opnião de Steven Jobs é muito forte em se tratando do rumo da tecnologia.

    Certo que o Adobe Air é bastante promissor assim como o Flex, alé dos dois se integrarem muito bem, entretanto ainda não se desenvolveu como deveria, além de ainda ter alguns problemas de compatibilidade e renderização (creio que ja devam ter resolvido).

    Atualmente considero mais promissor trabalhar com grails e griffon que usar Flex, o mesmo vale para javascript, além do Pivot do grupo Apache que também é bastante interessante, pena que os applets em java sejam lerdos e as vezes problemáticos, mas a nível desktop vale a pena.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.